fbpx

Esse é o quinto artigo desta série, a ideia destes posts é a de demonstrar como DJs podem e devem começar a manipular áudio de uma forma similar ao que músicos tocam o seu instrumento. Esse novo tipo de interação esta criando uma nova classe de artistas onde o limiar entre DJ, produtor musical e música não existe.

Confira os primeiros 4 artigos da série:

Série – DJ é músico sim!!
Série – DJ é músico sim! – Parte 1 – S4 da Native Instruments
Série – DJ é músico sim! – Parte 2 – Ableton Live
Série – DJ é músico sim!! – Parte 3 – Tim Exile Reaktor Live Set-up, The Finger e The Mouth

Como sincronizar dois ou mais computadores rodando Ableton Live e Traktor:

Fiz dois tutoriais demonstrando como fazer esse tipo de conexão via ethernet no MAC, não sei exatamente como fazer isso em computadores rodando Windows, mas já ouvi relatos que é possível fazer com o software IP Midi e já fiz muito via Midi (que é mais instável e sujeito a falhas, mas funciona).

Como sincronizar dois computadores rodando Ableton Live:

Como sincronizar dois computadores rodando Traktor Pro:

Por que sincronizar dois ou mais computadores:

  • Divide o processamento em duas ou mais máquinas;
  • Duas ou mais pessoas podem criar um set juntos (músicas inteiras);
  • Cada um dos computadores sincronizados podem ser usados para controlar um instrumento (exemplo: bateria, baixo, sintetizador, percussão e etc.);
  • Esse tipo de sincronia também pode ser usada para controlar vídeos (com o Ableton e Traktor como master e com o Resolume Avenue como slave);
  • O segundo computador pode ser usado para controlar efeitos de send;
  • Um computador pode ser usado para disparar músicas e o outro para controlar sintetizadores.

Algumas dicas que o suporte da Ableton indica para melhorar o sinc:

  • Computadores com mais de 70% de uso de CPU não sincronizam bem;
  • Se você for fazer conexão via MIDI, use cabos e não conexão sem fio, desligue o modem completamente;
  • Não envie outros tipos de mensagem MIDI pela conexão. O ideal é usar uma interface Midi dedicada para o seu clock. Evite interfaces baratas, as interfaces Midi da MOTU são as mais confiáveis;
  • Não use interfaces MIDI que sejam dedicadas a outros softwares (exemplo: Steinberg Midex Series (otimizado para o Cubase) ou Emagics AMT Series (otimizado para o Logic), elas tem uma forma interna de trabalhar com eventos MIDI, que não funcionam bem em outros hosts;
  • Fique atento que o Live não consegue compensar o delay de VST / AU plugins quando roda em MIDI clock slave Mode. A sincroniza destes instrumentos de terceiros vão ficar fora do tempo. A única forma de corrigir isso é usar um efeito de delay em todos os outros canais para atrasar ele em relação ao VST, uma alternativa é usar esses sintetizadores no computador master.
  • Se você usa o Ableton Live 7, faça um update para a versão 7.o.14 – nesta versão foi corrigido um erro grave no sinc.

Você tem usado esse tipo de conexão em suas apresentações?