fbpx

Em um recente post do blog, listei algumas mesas interativas que usam o cógido livre da Reactable, para produzir uma interface gráfica, que responde a objetos, para controlar softwares tanto de manipulação de áudio e vídeo.

No começo de 2008, foi lançado pela empresa Percussa da bélgica os Audiocubes, que prometiam fazer esse tipo de interação sem precisar da mesa (isso facilita o transporte e diminui o preço final), infelizmente (eu que o diga, pois comprei um par de Audiocubes), os cubos não conseguem ter o mesmo resultado que uma mesa interativa. Acredito que muito por causa do seu software de comunicação com o computador e por também precisarem ficar atadas ao cpu por cabos USB para enviar dados.

AudioCubes controlando o Ableton Live

O pesquisador da MIT David Merril desenvolveu o “Sifttable”, que promete ter a mesma praticidade que os Audiocubes, mas com funções similares das mesas interativas, ele funciona com unidades individuas que interagem entre sí com imagens. As aplicações para ensino são muitas, desde a criação de historias interativas, aulas de matemática e lógica.
A parte do aplicativo que eu achei mais interessante é a possibilidade de usar para fazer música, só ainda não consegui visualizar como isso poderia ser aplicado em um palco, já que as “peças” precisam ficar sobre uma mesa.

Um dos aplicativo do Sifttable (criar música)