como-gerenciar-um-selo-em-2009

Este artigo tem como fonte a entrevista concedida por Nic Fanciulli para o www.beatportal.com. Ele conta sobre a experiência que ganhou nos últimos dois anos com o selo Saved records. Acrescentei também dicas que eu aprendi com os meus três selos (Br 909, Eletrodomésticos e o finado Requentado).

O mercado fonográfico mudou muito nos últimos anos, se você ainda não leu o Manifesto contra o mercado digital eu recomendo como uma introdução a este artigo.

Por que lançar um selo?

Uma boa razão para lançar um selo é que fica mais fácil de lançar as suas próprias musicas. Se você já conseguiu sucesso lançando em selos de terceiros é mais que na hora de você criar o seu selo. Mas não adianta começar um, se a qualidade das suas produções não é boa o bastante.

Outra boa razão para lançar um selo, é a possibilidade de encontrar bons artistas que não foram lançados ainda e transforma-los em um sucesso.

Gastos e receitas:

Inicialmente trabalhe para equilibrar gastos e receitas, não pense que você vai ficar milionário da noite para o dia, não levar prejuízo no começo já é uma ótima meta.

Foco:

Não adianta lançar lançar o selo, se você não vai ter tempo de gerenciar, para solucionar isso o mais indicado é se possível trabalhar com um grupo de pessoas com funções bem definidas.

Outros artistas:

Se você se interessou por alguma música, tente lança-la o mais rápido possível, a música eletrônica está mudando tão rápido que as vezes o interesse das pessoas muda de mês a mês ou até de semana para semana.

Escolha uma direção:

Não lance qualquer estilo de música, escolha uma linha e siga sempre nessa direção.

Crie um relacionamento pessoal com os artistas:

Construa uma família em volta do seu selo. Saber o que os seus artistas estão fazendo tem grande valor. Se você organiza festas chame estes artista para tocar.

Planeje 6 meses a frente:

Se você é um Dj e dono de selo. Você deve tocar as músicas lançadas por pelo menos 6 meses.

Controle de qualidade:

Atualmente é tão barato lançar música, mas isso não significa que você deva lançar tudo que aparecer pela frente. Toque os possíveis lançamentos nos clubes para ver a reação do público e qualidade da masterização.

Levar o selo para a estrada:

Fazer festas ajuda e muito a construir uma base maior de fãs. O Eletrodomésticos faz festas regularmente em Curitiba.

Não tenha medo de lançar outros gêneros:

Se as músicas encaixam na sua visão de selo não hesite em lançar.

Embarque no desafio da divulgação digital:

Orkut, Twitter, Myspace, Facabook são ferramentas possíveis para promoção on-line. Mas você vai precisar de tempo para saber como usar cada uma desses sites. Eu fiz aqui no blog, um post falando sobre as redes sociais e bem como tirar o melhor de cada uma delas.

Nunca divulgue uma música, antes dela estar disponível para venda:

Esse tipo de ação pode aumentar a pirataria. Os consumidores de mp3, estão dispostos a pagar mas eles também são imediatistas. Muitos Djs podem querer ripar a música do seu myspace para pode ser o primeiro a tocar (mesmo que seja em uma qualidade horrível).

Anti-pirataria:

Considere usar sistemas como www.ripblock.com. Eles ajudam a remover musicas ilegais por uma taxa de U$73,00 por lançamento.

Mailing:

Crie um mailing list com os principais Djs do seu país e região, incentive eles a fazerem comentários sobre as músicas.

Set mixado:

Crie sets mixados promocionais para serem distribuídos na Internet e nas festas.

Produtores Famosos:

Tente trazer produtores famosos para o seu selo, muitas vezes um e-mail convidando, ou um conversa no msn deve bastar.

Você tem alguma dica?

Fonte: http://www.beatportal.com/

Foto: Bossa Noise